Ousadia no jazz de Watts

Charlie Watts o baterista que não dizia não saber o que viam nele como músico, foi admirador de músicos, de bateristas, e percussionistas em particular. Gravou vários discos de jaz com formações variadas. Um dos mais interessantes, flertando com o experimental, foi feito com outro baterista, um mito dos anos 60 e 70 (e que gravou com o Rolling Stones), Jim Keltner, num tributo a nove bateristas e percussionistas que marcaram e influenciaram o jazz. charlie watts jim keltner project (os nomes em minúsculas) percorre os caminhos sonoros de Shelly Mane, Art Blakey, Tony Williams, Roy Haynes, Max Roach, Airto, Billy Higgins e Elvin Jones. O álbum é de 2000, com a sonoridade mais contemporânea possível. Não sei como os DJs não descobriram este álbum, com groove saindo pelo ladrão. As programações eletrônicas de Phillippe Chauveau, que acrescenta instrumentos e vozes africanas e orientais. Keith Richards participa da faixa Elvin Suite (celebra ao baterista Elvin Jones). Mick Jagger toca o piano em Tony Williams, que morrera uma semana antes da gravação. A faixa se tornou uma espécie de réquiem a William, com um vocal processado, soando como o de uma máquina. Um disco que surpreende por não ter sido mais comentado na época, com um tipo de jazz que vem sendo feito, mais recentemente, pelo projeto Jazz is Not Dead, de Los Angeles. Enquanto na maioria dos grupos que formou, inclusive uma big band, este é o trabalho mais ousado de Charlie Watts no jazz, talvez fosse este o som que ele queria que o Rolling Stones fizesse. Aliás, o projeto foi realizado concomitantemente com as sessões do álbum Bridges do Babylon (de que Jim Keltner participou), em 1997. Os dois corriam de uma sessão pra outra. Mas o charlie watts Jim Keltner Project só foi concluído, em Paris, depois da turnê do álbum dos Stones.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: