Um livro sobre os Beatles em Portugal, mas só McCartney tocou no país, e ainda pagou por isto

Yesterday, acanção mais regravada dos Beatles, foi terminada Portugal, em Albufeira, no Algarve. Paulo começou a compor a música durante as filmagens de Help, mas a letra lhe veio quando ele vinha de carro de Lisboa para Albufeira. A escreveu nas costa de um envelope, e a terminou na casa em que iria ficar, que pertencia a Bruce Welch, de The Shadows (a grande banda de surf music da Inglaterra, anterior aos Beatles). Paul. E concluiu a canção com o violão de Welch, um Martim 1959. A título de curiosidade, Steve Harris, baixista do Iron Maiden teve um bar, numa cidadezinha do Algarve, Santa Bárbara de Nexe, o Eddie’s, que funcionou durante vinte anos, de 1989 a 2009.

Os ingleses têm uma queda pelo país, particularmente pelo Algarve, cujas cidades, sobretudo Albufeira, no Algarve, ficam repleta de súditos da rainha Isabel II, pelo sol, pela beleza das praias e pelo costume. Paul McCartney costumava pegar um bronze em Portugal. Uma noite chegou com Linda McCartney num clube noturno, com música ao vivo.O hotel fica em Portimão, a dez minutos de uma cidadezinha chamada Penina.

McCartney foi trocar libras por escudos (a moeda portuguesa de então, o episódio é de 1968), e resolveram curtir a noite. No clube tocava uma banda de rock, a Jota Herre. Os músicos reconheceram o beatle Paul, claro, uma das pessoas mais fotografadas no mundo. Falaram com ele, e McCartney acabou dando uma canja, na bateria. Quando terminou, deu uma grana à banda, e uma canção inédita, batizada como Penina.

Sentou-se ao piano e ensinou a música aos gajos. Provavelmente ele vinha trabalhando nela, e deu-lhe o título improvisado (ou o adaptou). Fez assim com Yesterday, cujo rascunho se chamava Scrambled Eggs, ou “Ovos Mexidos”. Penina foi a primeira composição de McCartney, em muitos anos, assinada por ele sozinho, sem John Lennon na parceria. Ele a canta com os Beatles nas sessões de Let it Be (está em vários bootlegs). Penina ganhou outra gravação, na mesma época por Carlos Mendes, que integrou os Sheiks, grupo badalado do rock lusitano dos anos 60. Curioso é que Penina, lançada em disco em 1969, não fez o menor sucesso em Portugal, nem em canto algum.   

Paul McCartney conta que a melodia de Yesterday lhe veio em um sonho. Acordou com a música na cabeça, quase pronta. Passou um tempo cismado que poderia estar cometendo um plágio inconsciente. Encheu o saco dos outros beatles, dos amigos, solfejando a música pra ver se alguém a reconhecia. Há versões de que Penina foi improvisada na hora. O que explicaria o fato de McCartney não ter se dado conta que a melodia se assemelha bastante o soul When a Man Loves a Woman, (Calvin Lewis/Andrew Right) , grande hit de Percy Sledge, dois antes de Paul ter dado Penina ao Jota Herre.

(a história está no livro Os Beatles em Portugal, de Luis Pinheiro de Almeida e Teresa laje, cuja capa ilustra a postagem).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: