Crônica: o sábio Arquimedes e o relógio de pulso

Surgem tantas expressões no português, que nem sei se ainda se usa insight, mas tive um enquanto dava o primeiro gole na Haiki. Antigamente o pessoal exclamava Eureka, quando lhe vinha um insight. Eureka foi o que, dizem, o sábio Arquimedes bradou depois de resolver um problema com uma coroa. No caso, uma coroa de ouro, pra se botar em cabeças.

Arquimedes teve este insight quando adentrou uma banheira, e saiu correndo, nu, pelas ruas de Siracusa, gritando “Eureka”, ou “Encontrei” em grego. Aí também não vou afirmar que a tradução tá certa, porque grego pra mim é grego. Esta descoberta ficou conhecida como “O  Princípio de Arquimedes”. 

Se bem que acho que Arquimedes deve ter ficado conhecido na cidade como um sujeito sem princípios, por ter saído à rua exibindo as partes.

Mas esta história de Arquimedes tem a ver com física, ou matemática, duas matérias pelas quais nutro imensa antipatia, e vice-versa. E como o sábio grego entrou nesta crônica é um enigma pra mim, porque eu pretendia falar sobre relógio.

O insight que tive, antes de ser, rude e demoradamente, interrompido por mim próprio, foi olhar pro meu pulso, enquanto dava um gole na haiki, e constatar que há anos não  uso relógio, vejo a hora na tela do celular. Relógio já foi uma coisa importantíssima. Complemento da elegância de ambos os sexos, em tempos que só se acreditava haver dois. “Um homem com Mido é outro homem”, dizia-se quando se notava o Mido no pulso de um camarada. Mido era, ou ainda é, uma marca de relógio. “Este aí não dá as horas a ninguém”, era o que se dizia de gente metida às pregas.

Em tempos que não vão tão longe, relógio era motivo de assaltos. À vítima, o ladrão pedia a carteira e o relógio. Hoje chegam na carreira e arrancam o celular da mão da pessoa. O que tem o relógio a ver com as calças? Escrevi numa crônica que o relógio ia sair de linha. Errei. Quando dou fé, é todo mundo com a maior lapa de relógio no braço. Se der só as horas, virou uma redundância na moda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: