Jingle Bell Rock tornou-se a canção preferida pelos internautas brasileiros nesse natal

Parece que o pessoal combinou. Bastante gente usou como trilha das suas histórias, no instagram, uma country music natalina Jingle Bells Rock. Não me lembro se no ano passado teve isso. Nem exatamente como a canção pegou aqui. Pode ter sido pela versão de Ariana Grande, ou talvez pela gravação de Paula Fernandes. De vez em quando rolam estes fenômenos de popularidade musicais repentinos. Aconteceu uns 35 anos atrás com What a Beautiful World (George David Weiss/Bob Thiele), na versão de Louis Armstrong. Eu ainda prefiro a canção homônima e juvenil de Sam Cooke, Herb Alpert e Lou Adler, com The Herman’s Hermits. Gosto é um bregueço troncho.

A Jingle Bell Rock é assinada por Jim Boothe e Joe Beal, e lançada por Bobby Helms em outubro de 1957, ou seja, há 64 anos. Helms, que foi pro outro plano em 1997, passou o resto da vida faturando em cima de Jingle Bell Rock, que regravou várias vezes. A música é feita em cima de Jingle Bell, aquela dos versos “Bate o sino, pequenino, sino de Belém”, composta por James Pontier, em 1857, exatos cem anos antes. Os autores pegam uma carona no rock, a dança da moda que, se achava, iria passar logo, como todas as modas. Um dos versos até cita Rock Around the Clock, o megahit com Bill Halley e Os Cometas.

Mas Jingle Bell Rock teve a autoria contestada pelo cantor Bobby Helms, e o guitarrista Hank Garland, que toca na versão original. Ambos alegaram que a música que Boothe e Beal fizeram chamava-se Jingle Bell Hop (hop era até inicio dos anos 60, uma festinha dançante de adolescentes), mas era tão fraquinha, que Helms e Garland a refizeram completamente, melodia e letra. Botaram os papéis pra dentro, mas não ganharam. O guitarrista dançou, mas o cantor se deu bem, regravou tanto a música, que ela foi assimilada por gerações, e frequenta os paradões americanos desde 1958, Tá frequentando o paradão do Instagram em 2021. Dessas curiosidades que rolam no mercado da música de tempos em tempos, mas sempre imprevisíveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: