O buruçu entre a Ucrania e a Rússia me lembra o rolo entre um baixinho e um grandão que li no Pasquim

Esta cu de boi entre Rússia e Ucrânia me fez lembrar uma história, acho que do português Santos Fernando. É muito parecida com o que os aliados da Ucrânia perpetraram. Vamos ver se me recordo da história toda.
Um baixinho estava num bar com um amigo altão. Em dado momento, o baixinho foi ao banheiro. Quando vai voltando à mesa, um grandão, fortão,  acompanhado de amigos grandões, fortões, passa a maior rasteira no pequeno, que se esborracha no assoalho. Chega à mesa sangrando pelo canto da boca. O amigo altão pergunta-lhe o houve. O baixinho conta. O amigo vai com ele até onde está o grandão e fortão, e pergunta:

I- Foi você que derrubou o meu amigo aqui? O grandão e fortão respondeu, na chincha:

– Foi. O amigo olhou pro baixinho, pro grandão e fortão e pediu pra que repetisse na frente dele. O grandão e fortão repetiu. O Baixinho, rodopiou no ar, e quase se quebra ao pousar no chão. O amigo, solidário, olha pro baixinho, e diz ao grandão e fortão que queria ver ele fazer aquilo no lado de fora do bar. Saíram do bar. O baixinho, sangue escorrendo pelo nariz, ficou entre o amigo altão e o sujeito grandão e fortão. O amigo pediu que ele repetisse. O grandão e fortão repetiu. Passou um rasteira no baixinho que foi parar a uns cinco metros dali. O amigo, parecendo não acreditar no que via transtornando. Pediu pra o grandão e fortão ousar repetir

O Grandão e fortão foi até o baixinho, que vinha sangrando e mancando, o segurou com uma mão e o lançou a uns dez metros. O amigo altão foi até o baixinho, e o ajudou a ficar de pé. Conferiu os estragos e lhe disse: – Meu irmão, pega um uber e vai simbora, senão este nojento vai te matar. Tal e qual os países amigos que se postaram ao lado da Ucrânia, testando o tempo todo a Rússia grandona e fortona. Quando os tanques ocuparam as repúblicas dissidentes, os amigos altões disseram pro presidente da Ucrânia: “Companheiro, sai dessa, senão Putin vai acabar com teu país.  

Um comentário em “O buruçu entre a Ucrania e a Rússia me lembra o rolo entre um baixinho e um grandão que li no Pasquim

Adicione o seu

  1. Isso não é um buruçu. Isso é realidade.

    Hoje, manda quem pode; obedece quem é fudido.

    Fosse eu o presidente da Ucrânia, entregava tudo ao Putin, dizia: vai, meu irmão, governa essa porra! Eu só tenho essa vida e deixá-la alguém matá-la por picuinha dos outros? Eu, Rosa!

    Vou pegar um Uber e vou pra casa tomar minha mistura de caéba jengibre e jenipapo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: