Crônica – Água pra ser bebida com moderação

Tudo demais faz mal, até bolacha maria. Eu sempre achei estranho esta coisa de se tomar três litros de água por dia. Então leio um artigo alertando para quem exagera nos copos d’água. Foi publicado num jornal cientifico, o Nutrients, e assinado pela doutora Thamara Hew-Butler, da Wayne State UNiversity, em Detroit, Michigan.

A cientista alerta para os que vertem urina muito clara que, me parece, é tido como sinal de saúde. No artigo da PHD americana a claridade da urina é aviso de excesso de água que, a longo prazo, pode prejudicar os rins, e provocar outros bregueços que estão no artigo da doutora. Não os cito aqui porque estão em linguagem científica, não tenho ideia do que se tratam. Nada contra quem toma um botijão de 20 litros de h20 diariamente. Parafraseando Maiakovski, melhor morrer de água do que sede.

 Mas não é sobre quem bebe água o meu papo. É sobre água de beber. Vale lembrar que o bregueço mais assemelhado a água é a vodca. Não tem cheiro, nem gosto, mas tem álcool. Quer dizer, a água nas ruas do Recife tem os mais variados odores, quase todos desagradáveis. Já a da torneira não se pode beber, ou pelo menos não se deve, mas este perigo da água corrente doméstica é no país inteiro, e já vou tergiversando.

Os americanos, que inventam de um tudo, botaram pra vender uma água que não tem cheiro, não tem gosto, mas tem álcool. Só não é vodka, porque não tem outros ingredientes, e o teor etílico é moderado, mais ou menos o de uma cerveja forte. Se bem que, em algumas marcas, inventaram de dar sabor de frutas a essa água, que é vegana porque nela não entra nada animal. Doravante quem for da lei de crente, ou abstêmio, numa festa com open bar, pode chamar o garçom e pedir um copo d’água, sem perigo de bullying, ou de discriminação pelo pessoal que toma gin pelo gargalo. Essa água que passarinho não bebe é fitness: zero carboidratos, zero açúcar, zero gordura. Um latinha tem apenas 91 calorias. E não contém glúten. Engorda menos do que uma hóstia. Vou passar a tomar mais água, me hidrato e me divirto. Agua é vida, água é água, água é pop.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: