Texas, um estado estranho, que mantém leis obsoletas, e muito estranhas

Saía de uma loja de instrumento, na Main Street, em Austin, Texas, quando estacionou quase em frente um camionete grandona, Dela desceu um cara, que abriu a porta do carona, e apanhou do texto do carro um baita fuzil. “Pronto – pensei – lá vou eu pras manchetes dos jornais”.  O cara parou apenas para encaixar melhor a arma no teto da camionete. O Texas é estranho, Austin, pelo menos. Vi em vários locais o adesivo com a frase “Keep Austin Weird” (Conserve Austin Esquisita).

Lembrei dessa viagem ao Texas por causa da carnificina promovida nesta terça-feira, 24, por um menino de 18 anos, armado com dois fuzis, que comprou quando aniversariou. Nos Estados Unidos o velho oeste continua novo, criando esses Billy The Kids malucos. Curioso é que dos lugares que visitei em outros países, no Texas foi onde encontrei pessoas mais gentis, sobretudo as brancas.  O Texas é um estado racista, e eu só sou branco pra polícia do Brasil

Em certos momentos me senti feito nos filmes de horror americanos. Depois de passar um tempo bom, escutando o melhor rock dos anos 60, num barzinho, que serve uma Lone Star geladíssima, um sanduíche enorme, com um pão delicioso, atravessei a rua até uma loja de suvenir. Me atenderam superbem, mas fiquei meio cismado com os animais empalhados, não sei se á venda: cascavéis,  um pequeno jaguar, e um peba, ou armadillo, o símbolo do estado. Aliás parece que há dois símbolos. Um é o peba , o outro é um senhor par de chifres.

Comprei um livro sobre texanês (igual aos de pernambuquês que se vendem aqui), e um sobre leis estaduais que explicam, mas não justificam texanos esquisitos. Uma dessas leis proíbe que texanos possuam a Enciclopédia Britânica em casa. A enciclopédia foi proibida porque um dos verbetes ensina a como se fabricar cerveja em casa. As autoridades do Texas proíbem texanos de fabricar cerveja em casa. Talvez por isto o povo lá só entorne Lone Star.

No Texas é permitido se atirar num búfalo. Porém nunca do segundo andar de um hotel. Quem o fizer recebe multa e pode ir preso. Também não se pode apanhar comida do lixo, a não ser que os donos da lixeira permitam. Da multa e prisão por furto e invasão de propriedade privada. Ficar descalço em público só com uma licença que custa cinco dólares. O problema é que não se sabe onde se consegue esta licença. Jamais ouse ordenhar uma vaca que não lhe pertença. No Texas dá multa e até prisão. A lei mais peculiar no Texas é a anticrime. Qual seja, antes de cometer um crime, o criminoso deve avisar à vitima 24 horas antes, e esclarecer que tipo de vilania cometerá. Pelo jeito esta é a lei mais desrespeitada no estado da Estrela Solitária, epíteto que dá nome uma cerveja joinha, a citada Lone Star.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: