Bad Bunny é o artista mais escutado do planeta há três anos. O porto-riquenho figura em todas as listas de melhores de 2022 das principais publicações americanas e inglesas

Ela Minus / DJ Python: Pájaros en Verano, 4s4ki: Punish, Pusha T: Diet Coke, MUNA: What I Want,
Glorilla / Hitkidd: F.N.F. (Let’s Go), Chronixx, Never Give Up, G)I-dle, Nxde. Não é mensagem secreta pra ser decodificada por um agente expert em contraespionagem. Nada disso. São nomes de intérpretes, e suas respectivas canções incluídas nos listões das 100 melhores de 2022, em publicações como Pitchfork, Rolling Stone, New Musical Express, New York Times e Time.
Embora eu acompanhe as paradas da Billboard, leia sobre o que acontece na área musical nas principais revistas e jornais gringos online, confesso que não conhecia a maioria dos nomes e músicas citadas nas listas. Pior, boa parte deles nem sei como se pronuncia.
Claro, impossível, pra quem ouve música estrangeira, não conhecer Harry Style, Taylor Swift ou Bad Bunny (na foto), este último um fenômeno latino, gravando quase sempre em espanhol (é de Porto Rico), e com uma das turnês mais lucrativas nos EUA na temporada 2022. Aos 28 anos, é o artista mais escutado do planeta no Spotfy em 2022, assim foi nos dois anos anteriores. Em 2021, ele teve 9,1 bilhões de plays no Spotfy. Em todas as listas, repete-se o que se vê há pelo menos dez anos, o rock, tal como o conhecemos, tem cada vez menos espaço no novo mundo musical. No listão da Pitchfork há apenas cinco bandas.
Anitta, teve o hit Envolver incluído no listão das 100 músiccas de 2022 da Billboard (em 89º lugar). Envolver é cantada em espanhol, dificilmente teria ido longe caso tivesse letra em português. Nosso idioma continua sendo o obstáculo maior pra que raros brasileros figurem nessas listas, mesmo se continua a produzir muita música no país. Tanto a que está sintonizada com o pop internacional contemporâneo, quanto a que dá continuidade à sofisticação harmônica e poética implantada na MPB desde a bossa nova. E aí, neste nicho continuamos bem, com duas cantoras que a maioria dos compatriotas ignora: Flora Purim e Eliane Elias, ambas estrelas da seara do jazz, mais o pianista e maestro Antonio Adolfo, sobre o qual fiz uma postagem semana passada. Grammy à vista para a trinca, sem badalação na própria terra.
DEZ

A listinha abaixo, traz os dez melhores álbuns de 2022, nos EUA, segundo a revista time. É sintomático, que nos dois extremos desta dezena de discos constem os nomes de duas estrelas latinas: a espanhola Rosário e o citado porto-riquenho Bad Bunny (cuja foto ilustra a postagem). Ambos cantando no próprio idioma, o que só ratifica a força dos latinos nos EUA. Pra vencer valendo por lá só em inglês ou espanhol.

10. Rosalía – Motomami
9. 070 Shake – You Can’t Kill Me
8. Kendrick Lamar – Mr. Morale & the Big Steppers
7. Angel Olsen – Big Time
6. Ibibio Sound Machine – Electricity
5. Pusha T – It’s Almost Dry
4. Father John Misty – Chloe and the Next 20th Century
3. Beyoncé – Renaissance
2. Saya Gray – 19 Masters
1. Bad Bunny – Bad Bunny – Un Verano Sin Ti

Um comentário em “Bad Bunny é o artista mais escutado do planeta há três anos. O porto-riquenho figura em todas as listas de melhores de 2022 das principais publicações americanas e inglesas

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: