White Christmas, a música natalina que já vendeu mais de 150 milhões de discos, completou 80 anos

A mais bela e sofisticada canção natalina completou 80 anos em 2022. Não é  Happy Xmas (The War Is Over), de John Lennon, Aquela da versão (de Cláudio Rabello) com Simone, “Então é Natal/e o quê você fez?”. Me refiro a White Christmas, de Irving Berlin, lançada, em julho de 1942, por Bing Crosby com o grupo vocal Ken Darby Singers e, e a orquestra de John Scott Trotter. A música de Natal mais vendida da história da indústria fonográfica. Só com Bing Crosby foram 50 milhões de cópias (a maioria em 78 rotações), com estimadas 100 milhões de compactos, com outros interpretes.  

A música levou sete anos para chegar ao disco. Foi conhecida antes no filme Holiday In (1942), de Mark Sandrich (no Brasil teve título de filme erótico: Duas Semanas de Prazer), cantada por Bing Crosby, numa cena natalina. Irving Berlin, que por sinal era judeu, povo que não celebra o nascimento de Cristo, e considerava White Christmas uma de suas melhores composições, mas não a fez com intenção de que virasse hino de Natal. O fato é que a música pegou, ganhou o Oscar de Melhor Canção Original em 1943, e foi para as paradas do planeta.

A canção se firmou de tal maneira que, em 1954, Bing Crosby estrelaria o filme musical White Christmas. Ele a regravou em 1947, porque a matriz da primeira versão estragou-se. Essa segunda gravação, de 75 anos atrás, é a que se escuta normalmente com Bing Crosby. Na virada do século, White Christmas ficou em segundo lugar como a maior canção americana do século vinte, atrás de Over the Rainbow (Harold Arlen/E.Y Harburg), lançada por Judy Garland em 1938.

NO BRASIL

White Christmas não pegou pra valer no Brasil, mesmo assim é bastante tocada no período natalino, em versões em português. A mais conhecida foi feita por Marino Pinto (um dos craques da composição popular brasileira nos anos 50), cuja melhor gravação, naquela década (em 1956), é de Nelson Gonçalves, o lado B de um 78 rotações, com Ciu Ciu Ciu (Canção do Rouxinol, na lado A). Mas a primeira versão é de 1955, feita por Júlio Nagib. A versão de Maraino Pinto foi regravada por Simone, no LP 25 de Dezembro (1995), o mesmo que estourou Então É Natal (o autor da letra é Claudio Rabello).

Mais gente verteu a canção de Irving Berlin para o português no Brasil, Carlos Rennó, Silfarnei Alves, Paulo Queiroz, Dick Santos, entre muitos outros.

A primeira versão brasileira, a do citado Júlio Nagib, foi gravada, em 1955, por Severino Filho, do grupo vocal Os Cariocas, nascido no mesmo ano em que White Christmas recebeu a primeira gravação. Além de ser o judeu que fez um dos mais populares sucesso natalinos, Irving Berlin, russo de nascimento, compôs também o que é considerado um segundo hino dos Estados Unidos, God Bless America, composta em 1918, mas só lançada em 1938, pela cantora Kate Smith.

2 comentários em “White Christmas, a música natalina que já vendeu mais de 150 milhões de discos, completou 80 anos

Adicione o seu

  1. Prefiro: “Eu pensei que todo mundo fosse filho de Papai Noel (São Nicolau/belas histórias)… Esqueci nome autor brasileiro, se quiser responda, preguiçacessar dr/google oxente!🥰

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: